corpobaú

Dois caminhos, de Hieronymus Wierix (1600)



quando se cresce e caminhos percorrem espaços pra vidas,

o segundo tende a não saber todo lugar da casa

Essa sabe esperar quem nunca chega

e nela comumente há a possibilidade da certeza de quem

sempre vai;

de que

todos sempre vão;

na hora em que a expectante

também se vai

tudo o que é tesouro faz jus ao signo e permanece

escondido



Comentários

Postagens mais visitadas