Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2019

iria falar de amor e me lembrei, precisava falar sobre o que dura

pesa em mim o seu despertador renitente, como subida pro motor 1.6 do seu carro a chatice de não estar comigo e me ajudar quando preciso o quilo das palavras que esmagam a minha cabeça com o martelo de cada ouvido meu a porretar cada memória em que te salvei porque todas as suas papilas gustativas não escovadas por aquela escova sobressalente do porta-escovas-de-dentes no seu banheiro acolhedor muito mais me fere que limpam a outra boca que te frequenta sua tatuagem de canguru fêmea prenha que nunca foi coberta pra disponibilizar seu peito, rijo, pra uma nova inquilina ainda jovem e também bela que nunca foi rosa ainda pisa seu azul a calcinha e meias suas que por inteiro voltaram a ser minhas quando antes de me levar embora e nunca mais me encontrar naquela padaria depois de me afogar em copo americano o café, sabíamos, amargaria menos que o não-você resolvi falar Bateria de Iphone (i.) 26 de junho de 2017 às 21:25

Ex Amigo

De todas as loucuras dessa vida De todos os barrancos Das alturas E fobias De longe A pior delas é Perder um amigo E ninguém respeita esse luto E ninguém entende o drama Muito menos oferece ajuda Tudo bem que nascemos só E devemos saber nos virar assim Mas quando isso já bastar Fico eu e quem? E como solidão que somos É de conhecimento intrínseco A falta que um conteúdo faz Uma intervenção O silêncio que há 1 ano não existia Loretha Torchia