Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Tengo tanto sentimiento ... (Fernando Pessoa)

Tengo tanto sentimiento
que es frecuente persuadirme
de que soy sentimental,
mas reconozco, al medirme,
que todo esto es pensamiento
que yo no sentí al final.

Tenemos, quienes vivimos,
una vida que es vivida
y otra vida que es pensada,
y la única en que existimos
es la que está dividida
entre la cierta y la errada.

Mas a cuál de verdadera
o errada el nombre conviene
nadie lo sabrá explicar;
y vivimos de manera
que la vida que uno tiene
es la que él se ha de pensar.
Versión de Ángel Crespo



Machado de Assis

CAPÍTULO VI
Chimène, qui'l eût dit?
 Rodrigue, qui'l eût cru?


 Veio-a assombrar à porta da alcova, pálida, comovida, trajada de preto e ali ficar durante um minuto, sem ânimo de entrar, ou detida pela presença de um homem que estava comigo. Da cama, onde jazia, contemplei-a
durante esse tempo, esquecido de lhe dizer nada ou de fazer nenhum gesto. Havia já dois anos que nos não víamos, e eu via-a agora não qual era, mas qual fora, quais fôramos ambos, porque um Ezequias misterioso fizera recuar o sol até os dias juvenis. Recuou o sol, sacudi todas as misérias, e este punhado de pó, que a morte ia espalhar na eternidade do nada, pôde mais do que o tempo, que é o ministro da morte. Nenhuma água de Juventa igualaria alia simples saudade.
 Creiam-me, o menos mau é recordar; ninguém se fie da felicidade presente; há nela uma gota de baba de Caim. Corrido o tempo e cessado o espasmo, então sim, então talvez se pode goza deveras, porque entre uma e outra dessas sua ilusões, melhor é a …

A beleza da fera

Uma das coisas que sempre me deixou muito decepcionada, e ao mesmo tempo muito enfurecida é a tamanha falsidade que sempre esteve, e estará a minha volta.
 Não que eu seja totalmente verdadeira com todo mundo, (se dissesse isso estaria me igualando aos quais me magoam) pois não são todas essas pessoas que merecem verdadeiramente me conhecer como sou. Mas também porque sou bastante julgada por ser tão verdadeira com as pessoas que eu não gosto, ou com as pessoas que de forma nenhuma me fazem bem. Coisas que só aqueles que valem a pena merecem saber.
 Agradeço à vocês queridos falsários... Afinal, foram vocês que me fizeram ser melhor hoje. Vocês me permitiram crescer com meus erros e infantilidades. E com suas reconfortantes palavras acompanhadas de um sorriso doce, fizeram acreditar e a dar-lhes um lugar muito especial. Entretanto local que não era o de vocês. Me importei demais.
 Mas também me permitiram reconhecer quem são importantes pra que eu carregue comigo, e ajude-os a carreg…

Utópico

Verde, amarelo, branco e azul anil Cores escolhidas para representar   Os mais belos atrativos de "um país para todos"
 Representando as grandes matas  Mostrando nosso ouro  Nossa paz e o belíssimo céu que nos cobre  Os melhores sentimentos depositados num país ótimo
 Compaixão, esperança e a mais densa alegria de um povo  E com cidadania levaríamos a vida  Cidadania?  Sim, deveres e direitos
 Mas ela não é boa  Não é cumprida  Não é só ela quem desampara o povo?  O povo a ignora
 Não somos  Nem seremos os melhores  Somos filhos do mundo, somos filhos do Brasil  Com tamanha hipocrisia  Cadê o Brasil?  Somente utopia.

Normalidade

Um dia sem muitas surpresas: hoje. Mas com a ideia de ser gratificada pelas boas atitudes que tenho. Feito bem, e desejando-o também a todos. Sem medo de viver, apenas tentando se esconder. Menina frágil e insegura que conheci, hoje. No entanto pode ter sido morta, ou somente adormecida. Se escondendo para aprender, se omitindo para tentar mudar, se renunciando para agradar. Buscando incessantemente a felicidade, buscando trazer felicidade. Sendo que é impossível alegrar ao outro, sem estar alegremente bem com você mesmo.Vivendo pra esquecer. Para permanecer da forma que o mundo exige de você. Mentes fracas? Corrompidas por uma sociedade corrupta? Onde estão os verdadeiros corruptos? Mudando para melhorar. Depende de onde você olha? Como quer ler? Como quer ser interpretado. Tudo uma fraqueza inútil, pois pensamentos infantis ainda assolam a mente. Vivendo um dia após o outro. Vivendo sempre a vida que não é sua. No entanto, vivendo.
 Isso é vida?

Crê no amor

Crê no amor, pois um dia ele te salvou, no amor porque ele cura, pois ele é bom. Crê somente no amor, pois ele é paciente, e ensina. Ele tudo suporta, e às vezes te engana. Mas creia, pois ele é lindo, porque mesmo sofrendo, ainda vale à pena. Ele não sabe quem vai machucar. Por mais errôneo que seja o amor, ainda tenta agradar, crê no amor pela sua justiça. Crê apenas porque ele não se explica, somente ame, e deixe ser amado. Ame somente, ame e agradeça por essa maravilhosa graça que Deus nos deu. Deixe-se envolver. Ame.
30/11/08

(Des)vivendo

Tentando reparar o erro, modificando a mente, corrompendo a vida. Transformando o mundo. Compreendendo tudo? Admitindo para tudo e para todo o seu bem estar. Omitindo para si mesmo seus problemas e dificuldades. Vida falsa, pensamentos falsos. Vida de droga. Desesperada e entristecida. Vida pobre. Levando algo que não se pode suportar. O segredo da morte, e as mentiras da vida. Desequilíbrio mundial levando a todos o desespero, que pode ser fatal. Fatalidade. Acontecimentos sem muitos sentidos. Todos querendo te levar para o lado dele, para a sua religião, para sua turma. Querendo sua inteligência e sabedoria. Desejo. Mas ninguém querendo o amor que se pode oferecer. Perguntas demais, respostas de menos. Muita fome, pouca comida. É o cansaço que sobra, e o descanso não existe. Sinto muito, não posso discordar da beleza da vida. “É bonita, é bonita e é bonita...” Mas as mãos estão atadas. Não tope qualquer parada, e nem pare em qualquer topada.

Gostar, amar, se machucar, se apaixonar

Não sei bem definir paixão. Mas machuca. Por mais longe que tentamos ficar, ou depois de já envolvidos nos afastar é muito difícil. Dói. Não só nos envolvidos naquilo, mas machuca também aqueles que te cercam. Todavia, sempre há saída. Por mais que procuremos, não é assim tão fácil ser correspondido. É melhor deixar ser encontrado. Procurei demais, chorei muito, não achei alguém pelo qual valesse à pena chorar. Não encontrei. Não estava à procura. Encontrou-me. Machucada, despedaçada, sem muitas crenças. Amargurada, ofendida. Arrependida. Como o sol, me trouxe brilho. Como uma brisa, me acalmou. Como tempestade, me aborreceu. Com um abraço, me aqueceu. Com brincadeiras, solto minha mais espalhafatosa gargalhada, ou até palavras trocadas. Como chorar, por ciúmes, sem motivos. Silenciar, até mesmo em momentos indevidos. Gosto de ser ouvida, mas também gosto de ouvir. Com um beijo, sempre tenta me animar, e diz: “eu te amo.” Como o mar, sempre é imprevisível. Mas o seu olhar, estou conseguindo …

É tudo realidade (Tudo é realidade)

Perceba que há diferença.  Se alguém tenta te impedir de ser feliz, não se preocupe. Essa é a vontade de Deus. Só você pode o impedir.  É normal espinhos no caminho, mas não busque um Príncipe Encantado, não é realidade, de fato. E na maioria das vezes, a “metade da sua laranja” não vem num cavalo branco.  Mas não é impossível viver um amor impossível, ou uma história de amor real. Normalmente ela não vem com data de validade, só de fabricação. E mais complexa do que qualquer coisa que seja realidade, não vem escrito no rótulo “Válido dois meses depois de aberto”.  No fim de tudo pode-se dizer que foi uma sujeira só. É lenço descartável pra um lado, é pote de sorvete pra outro, alguns quilinhos a mais. Muitas lágrimas ardidas. É tudo realidade. Você vai superar. Acontece até com as melhores pessoas. Mas terá valido cada segundo. Você foi feliz, pode recomeçar.  No final de tudo, pode-se afirmar que está tudo uma bagunça. É cueca pra um lado, choro para outro, fralda descartável até o teto…

Assombro

De um lado uma perna-de-pau, a outra é de lata
 Correntes amarrada nas mãos, fazendo um barulho insuportavelmente irritante  Fazendo com que desperte de um ótimo sono.

 Como pode alguém morar a cima de mim, sendo que o meu andar é o último?  Coisas assombrosas  Curiosa o bastante pra tentar descobrir  Medrosa demais pra subir até o terraço.

 Afinal, duas mortes no prédio, faz algum sentido?  Vivendo num filme de terror?
 Ou tudo não passa de uma participação num reality show?  Pensando alto,
 Falei: " E se for um lugar assombrado por essas duas pessoas que suicidaram aqui no prédio?"  Mais do que depressa uma voz responde: "A vida é um assombro, vai ter medo do quê?"  
 Tudo bem, sem neurose   Era só a minha mãe falando comigo  É meio assustador, e um pouco divertido  Entretanto, não deixa de ser verdade.

Infância

Quando tirei do armário, estava todo empoeirado, meio rasgado e um pouco comido. Não pude conter o espirro e a lágrima era certa. Minha mais velha lembrança foi esquecida num lugar velho e feio.
Minha infância fora abandonada, como se não tivesse significado nada pra mim. Lembrei-me do tempo em que comia brigadeiro na colher, tomava água na boca da garrafa, escorregava no chão ensaboado e depois de me molhar na chuva não ficava resfriada.
O que mais doeu foi pensar em quais outras lembranças eu abandonei. Em quais pessoas deletei de mim apenas para que um novo eu pudesse reinar. Apenas um eu sem muitas alegrias, mas que saberia lidar com esse mundo traiçoeiro, com esse mundo-cão.
São somente algumas exigências que a vida nos faz, mas teria sido melhor não ficar nostálgica demais ao me recordar de coisas tão agradáveis.